terça-feira, 29 de abril de 2008

Quem tenta enganar...

Mais cedo ou mais tarde, recebe de volta.

Quando o B. está naqueles dias que mal petisca do prato e recusa-se a comer, tento convencê-lo a comer um pouco mais. Quando já não tenho argumentos (tens que comer para teres força, para poderes jogar futebol, etc, etc), negoceio com ele. Só mais x colheres/garfadas. Começo com um numero mais alto e vamos negociando os dois até eu encontrar um numero que ache correcto, eram 5, agora passaram a 6, a sua idade.
Depois de negócio feito, começa a contagem:
"1, 1 e meio, 2 , 2 e meio,...!"
Desta forma, consigo que coma mais do que o negociado (eu sei, não devia enganar o rapaz!).
Já fizemos este negócio várias vezes e tem resultado.

Na semana passada, ao final do dia a caminho de casa, o B. pediu se podia comer batatas fritas do pacote (Matutanos). Respondi-lhe que iamos jantar e se comesse as batatas depois não jantava. Insistiu e prometeu jantar. Deixei-o comer mas SÓ três.
Começo a ouvir: "1, 1 e meio..."
Desatei-me a rir! Cá se fazem, cá se pagam!
E ainda há quem ache que as crianças são "parvas", "parvos" são os que julgam isso!

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Adorei!

Adorei o novo Pediatra do B.
Um médico à antiga, sem computadores, sem modernices...
Ficámos dentro do seu gabinete mais de uma hora, quis saber tudo sobre ele, sobre nós, sobre os Avós.
Achei muito interessante o facto de, primeiro conversar com o B., fez-lhe várias perguntas. Quando eu tentava responder, logo me interrompia e dizia que estava a falar com ele e daí a pouco já seria a minha vez :-)
Depois de respondidas todas as perguntas, quer as feitas a ele, quer as feitas a nós, passou à observação. Devo dizer que fiquei pasmada e enrvergonhada com a BIRRA que o B. fez, pois não queria despir-se e muito menos que o Dr. lhe tocasse. Não sei o que se passou mas pelos vistos já na consulta de rotina anterior a que foi com a minha Mãe fez o mesmo. Está a crescer e ficar cada vez mais envergonhado e a defender-se.
Muito esperneou quanto o Dr. quis ver se estava tudo em ordem com a p*loca. Não mostrou, não deixou ver, nada, estava a ver que ele deitava o médico (que já não é uma pessoa jovem) ao chão. Quando nos tentávamos levantar para ir acalmar, logo tinhamos um braço a dar-nos indicação para nos sentarmos, o médico queria tratar ele da situação, quis ganhar a sua confiança.
Acalmou quando o vesti.
O bom da situação, é que com isto tudo, acabou por deitar muita especturação fora, tal não foram os nervos que apanhou que o levaram a tossir sem parar.
Observação feita, diagnosticou-lhe uma Infecção Respiratória Aguda.
Fomos fazer um Rx para ver até que ponto era preocupante e Graças a Deus, os pulmões e bronquios estão limpinhos, é mais nariz e garganta.
Está a antibiótico, não pode ir à escola, nem apanhar frio. Está em casa dos Avós (maravilha ter-nos mudado para perto deles) a receber todos os miminhos a que tem direito e mais alguns.
Estamos à espera do resultados das análises que fez, pois ele tem problemas respiratórios, anda sempre com tosse e o nariz ranhoso e o médico quer ver que tipo de problemas são. Parece que é algo crónico mas não se tem a certeza do que seja.
Não há-de ser nada de mais preocupante. Assim o espero!
Se for como eu, são alergias respiratórias, que se levam bem, é preciso é mais cuidado em certas alturas e situações.

terça-feira, 22 de abril de 2008

Finalmente...

Dou noticias.
Têm toda a razão de estarem "zangadas" comigo, tenho andado fugida mas verdade seja dita além de não ter tido muito tempo, a inspiração e o que contar também não abunda!
Estamos bem, tirando o facto do B. estar constipadito com "gatinhos" à mistura.
Vou tentar encontrar um novo Pediatra para que comece a ser seguido e nada melhor do que uma constipação para começar!

Finalmente...
Jogou pela primeira vez na sua PSP. Como se portou bem, o castigo foi levantado e teve direito neste fim de semana a divertir-se com o seu novo brinquedo.
De oferta vinham dois jogos (+7 anos) e coloquei-lhe um para experimentar. Depressa se cansou pois como ainda não percebe bem daquilo, chateou-se e quis jogar o outro.
Além de serem em Inglês são um bocaditos complicados mas nada que com o tempo não vá lá.
No Domingo comprei-lhe um novo jogo (+4 anos) de corridas de automóveis para ver se ele gostava mais deste, mas como ele ainda não está familiarizado com as teclas, torna-se mais dificil e tal como o outro depressa se cansou.
Não tem muita paciência embora goste de jogos. O que ele quer é começar logo a jogar como deve ser e se é mais complicado diz logo que não gosta do jogo.
Menino mimado é o que é, gosta de tudo facilitado! ;-)

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Reportagem fotográfica do Aniversário

Os Bolos


Na escola


Em casa dos Avós


Na nossa casa

Festas de Aniversário

Foi um dia "normal" com excepção que teve os papás a lanchar com ele.
De manhã foi para a escolinha e por volta das 15h30 lá aparecemos nós acompanhados de um Bolinho e alguns miminhos para todos.
Euforia total, tanto dele como dos seus amiguinhos, os gaiatos adoram visitas dos mais velhos.
Após o lanche foi a vez de cantar os parabéns e partir o bolinho, que era surpresa.
ADOROU o seu Campo de Futebol e até teve pena de o partir.

Na casa dos Avós tinha à sua espera mais um Bolinho, surpresa também...
Quando o viu disse que já tinha feito anos e soprado as velas. Mas lá nos vez o "jeitinho", não podia desapontar os avós, a tia, a madrinha e a T.

Já em casa, tinha mais uma surpresa...
A prendinha dos Papás!
Estávamos mais em pulgas nós do que ele.
Antes de irmos para os avós passámos por casa e deixámos em cima da cama a prendinha. Durante o dia todo, nunca nos falou ou pediu nada, acho que ele pensava que o bolinho/festa era a nossa prenda.
Entrou no quarto e não deu pelo embrunho. Bem o mandei vestir o pijama várias vezes mas nada. Até que desistimos e deixámos andar.
Passado um bocado, lá ouvi:
"- Mãe, está aqui uma prenda!
"- Está filho?!
"- Sim! E vou abrir para ver o que é!"
Ficou sem palavras.
Há uns meses atrás pediu uma Playstation mas disse-lhe que era muito cara, que ele tinha que juntar dinheiro no seu mealheiro (coisa que ele está a fazer) e que se ele se portasse bem nós ofereciamos-lhe a PSP. Aceitou e nunca mais falou nisso.
Pois bem, achei que ele a merecia e oferecemos-lha com algumas regras. Só joga ao fim de semana e por pouco tempo de cada vez, devido aos seus olhos e para que não fique "viciado" nos jogos.
Fez referência que assim já não precisava juntar o dinheiro. Lá lhe explicámos que eram coisas distintas, que a outra seria para ficar em casa e aquela para poder levar para a terra, em viagens grandes, etc.
Ficou contentíssimo.
Ainda não jogou! Fiquei de ler as instruções e não consegui. Entretanto portou-se mal e ficou de castigo. PSP fora de jogo por enquanto. Vamos ver no próximo fim de semana o que acontece.

quinta-feira, 10 de abril de 2008

Parabéns!

Meu Filho, Minha Vida, Minha Luz

Fazes hoje 6 anitos...
Foram
6 anos de muito amor, muito mimo, muito carinho
6 anos de muita arrelia, muita teimosia, muitas birras
6 anos em que a doença te atingiu algumas vezes, não muitas Graça a Deus, tens sido um menino saudável
6 anos de muita cumplicidade e amizade
6 anos que passaram a voar...

Espero
que venham muitos, muitos mais
que a nossa cumplicidade se mantenha sempre, que nos consideres sempre, tal como hoje, teus amigos
que a vida te sorrie sempre, mesmo que tenhas que ultrapassar algumas barreiras

Desejo-te um dia muito feliz, muito alegre com muita brincadeira.

Meu Filho, Minha Vida, Minha Luz

(Imagem retirada da Net)

terça-feira, 8 de abril de 2008

Os peixinhos já foram batizados.
Apresento-vos o "Faísca", foi aceite a proposta da Ana Paula...




e o "Mate", pois McQUEEN (acho que é assim que se escreve) não podia ser pois é a mesma personagem.



E já que estamos numa de apresentações, aqui fica o "Mickey".

sexta-feira, 4 de abril de 2008

Estamos quase lá...
Faltam apenas 5 dias.
Parece que foi ontem que ia a caminho da maternidade, com receio do que se iria passar, com medo que algo corresse mal mas ao mesmo tempo calma e serena (se é que isso é possivel).
Parece que foi ontem que o vi pela primeira vez, uma "coisinha" tão pequena, tão fragil, tão indefesa. Nem chorar sabia, parecia um gatinho a miar.
Uma carinha redondinha que ficava metade tapada com a chucha. Um "botãozinho" no lugar do nariz. Uns olhos abertos para a vida assim que nasceu.
Tive tanto medo de o perder no parto, pois não correu tão bem como devia, medo de o perder nos primeiros minutos, nas primeiras horas.
Tive medo de não saber tratar dele, de não ser suficiente boa como Mãe para ele. Medo de o aleijar, tão pequenino que ele era, de não saber pegar nele. Não sei explicar. Medo de tudo.
Mas rapidamente o medo se foi embora e deu lugar à segurança, segurança para tratar dele.
Aprendi a ser Mãe e foi das melhores coisas que podia ter aprendido.

Dia 10, faz 6 anitos.
Está grande o meu Ratinho.
Vai entrar para a Escola Primária em Setembro, se Deus quiser. Vai entrar, a sério, no Mundo da Aprendizagem. Vai aprender coisas novas, coisas educativas, coisas para o seu Futuro.
Está a crescer mas continua a ser o meu Bébé, o meu Menino, o meu Ratinho...

quarta-feira, 2 de abril de 2008


Hoje apeteceu-me...

Mudanças

Já que mudámos de casa, achei que o nosso cantinho também merecia uma mudança!
Aventurei-me na alteração do cabeçalho.

Esta foto foi tirada hoje, no comboio a caminho do emprego/escola. Adoro-a.
Adoro a forma simples como ele cruza as mãos. A tranquilidade com que vai sentado à minha frente, ora olhando para mim, ora olhando para a paisagem. Os seus olhitos de sono (pois ontem deitou-se um pouco fora de horas). O pedir-me com jeitinho para acabar com o ponto cruz que eu ia fazendo. Pensei que queria "colinho" mas não, queria apenas um afego no cabelo, um miminho da Mãmã.

Não é a primeira vez que vimos desta forma para S. mas não sei porquê hoje achei diferente, marcou-me. Não porque tenha acontecido algo de especial, foi uma viagem normal com alguma conversa à mistura.
Não sei explicar mas ficou-me registado.

Agora digam-me Meninas, o que acham? Fica giro assim?
Digam-me as vossas opiniões.

Novos residentes



Estes amiguinhos dividem o quarto com o B.
Já tinha falado neles, agora apresento-vos mas falta um pequeno pormenor...
Não se chegou a um consenso com os nomes, o gaiato queria pôr "Mickey" a um dos peixinhos mas "Mickey" já é o passarinho que temos e como a imaginação não abundava por aquelas bandas, os "coitaditos" dos peixinhos ainda não foram baptizados.

Alguma das meninas quer dar uma ajuda?

Encontrei

Mais uma profissão que no futuro o B. pode seguir, além de futebolista, nadador, ciclista, "arranja-tudo" depois de desmanchar...
Cozinheiro!

Vejam só os bonitos croquetes que ele fez com a avó.
Tem jeitinho o rapaz.



E estavam tão bons!!!!!