segunda-feira, 30 de abril de 2007

Para que não fiquem com uma ideia errada de mim, eu passo a explicar o post anterior...

Fez ontem um mês que passámos a ter visitas/hospedes em casa.
A minha sobrinha com o seu filhote vieram morar connosco durante algum tempo, não sei ao certo quanto, só o tempo o dirá!
O D. é um ano e três anos mais novo que o B. e tem um feitio, maneira de ser e estar completamente diferente do primo. Vê no B. o seu idolo e isso só nos tráz chatices, pois imita tudo o que o primo faz, quer tudo o que o primo naquele momento tem na mão ou está a brincar e não espera pela vez dele, simplesmente tira e quando o B. não lhe dá, resolve a situação à "chapada"!
O meu filhote é um menino calmo, não está habituado a ter que se defender, não tem por habito bater nos outros meninos!
Quando o primo lhe bate, ele simplesmente chora! Já lhe ensinámos (embora eu não gosto muito disso) que quando lhe baterem ele tem que se defender e bater também. Mas ele não é assim!
O B. vai acumulando e só quando tem o saco cheio é que bate e depois temos um a chorar por um lado e outro por outro!
Nunca pensei que fosse tão complicado!
Mas o mais engraçado disto tudo, é que eles gostam muito um do outro, quando não estão juntos perguntam um pelo outro mas quando estão resolvem as coisas à "batatada", lol.
Este fim de semana ficaram de castigo, cada um no seu quarto, sem brincarem juntos mas devo dizer que de 5 em 5 minutos o D. fazia uma tentativa de ir ter com o primo e lá tinha eu de reafirmar o castigo! Conclusão passei os dois dias a ralhar com um e com o outro, nem com o castigo se resolveram as coisas!
Não sei mais o que hei-de fazer! Se não tento mudar as coisas qualquer dia vão-se bater a sério e aleijarem-se.
Aceitam-se sugestões das meninas que tenham mais que um filhote e com idades muito próximas...

Complicado...

Complicado não... Complicadíssimo.
Foi o que foi o meu fim de semana.
Complicado e cansativo.
Foi daqueles fins de semana que dava tudo por tudo para estar a trabalhar e não em casa!

Garanto-vos que amo o meu filho acima de tudo e adoro estar com ele mas estes ultimos dias foram de esquecer! Ele e o primo são de fugir!

quinta-feira, 26 de abril de 2007

Conversa de final do dia...

Enquanto o visto, após o banho!

B. - Mãe, o meu mano chamado André? (já há algum tempo que ele pede um mano chamado André)
Eu - Oh, filho, a Mãe ainda não arranjou! Então e se for uma mana?
B. - Tá bem, duas manas!
Eu - DUASSSS?????
B. - Ah! Não! Um mano chamado André e uma mana!
Eu - E como se vai chamar a mana?
B. - Hum, hum! Mariana!
Eu - Então tu queres um mano chamado André e uma mana chamada Mariana, é isso?
B. - SIMM

O que eu me ri para dentro! Se a cegonha se decidir, já que está dificil, a visitar a minha casa novamente já tenho nome para o bébé!

terça-feira, 17 de abril de 2007

2ª parte

A 2ª parte do seu Aniversário foi no Sábado.
Correu tudo muito bem, ele estava eufórico e os amiguinhos também.
Foi num Parque de Brincadeiras, sei que tem um nome próprio mas não me recordo. Tinha um castelo insuflável, uma piscina de bolas dentro de um labirinto, com diversas brincadeiras, muito engraçado, até eu andei lá dentro, a tentar tirar fotos, a tentar sim, porque os gaiatos andavam numa correria louca e não podiam parar por um minuto para a foto! lol
Acho que todos eles ficaram encantados por se encontrarem fora da escola, a um Sábado, dia que geralmente não se encontram e isso deixou-os mais endiabrados.

O tempo passou a correr, a correr não, a voar, quando dei por isso já era hora do almoço e do bolinho e depois só tiveram tempo para mais 10 minutos de brincadeira, que aproveitaram até ao último segundo e cada um seguiu para a sua casinha.

Ele ficou muito feliz com a sua festa e eu também me senti muito bem de o ver tão satisfeito, de saber que lhe pude proporcionar uma festa de aniversário ao seu gosto, com os seus amigos, de ver os seus olhinhos a brilharem de alegria!

Beijinhos doces a todas/os que me acompanham

quarta-feira, 11 de abril de 2007

1ª Parte

O meu filhote é um menino que tem muita sorte, no que toca a festas de aniversário (e não só), pois desde que nasceu excepto o ano passado sempre teve direito a duas festinhas.
No 1º ano foi uma para os amigos (dos pais, com os respectivos rebentos) no próprio dia e outra para a familia dias depois, pois durante a semana os avós, tios e primos não puderam vir ter connosco. No 2º a mesma coisa.
Já no 3º, levei o bolinho de aniversário para a escolinha (foi o seu primeiro aniversário na escolinha) e depois no fim de semana fiz num daqueles parques de diversão para os miudos, onde foram os meninos do nosso circulo de amizades.
No 4º decidi fazer tudo na escolinha, ou seja, transferi o que seria a festa em casa para a escola. Levei as sandes e os sumos, as gelatinas e mousses, os pudins e os caramelos, e o bolinho.
Foi giro mas durou pouco tempo pois os meninos tiveram que ir embora para as suas casinhas, foi mesmo só o lanchinho!
Este ano e porque o B. já tem o seu próprio circulo de amigos, deixei-o escolher alguns amigos e decidimos fazer a festa no mesmo parque onde fiz há dois anos.
Como ontem foi o dia D e não o poderíamos deixar passar em branco, levei um bolinho para a escola e estivemos com ele no lanchinho.
Esta foi a 1ª parte, a 2ª será no Sábado com os amigos que ele convidou da escolinha e os do nosso circulo de amigos.
Tenho pena que ele não pudesse convidar todos os meninos da salinha dele mas era financeiramente impossível para as nossas carteiras pois por cada menino ainda se paga uma quantia considerável.
Assim leva alguns amigos, aqueles com quem mais ele lida e vão para um local onde podem correr e brincar, pois ontem na escolinha também não deu para muito mais que o lanchinho!

PS - Fica aqui a minha grande admiração para as professoras e auxiliares que têm que lidar com 20 ou mais crianças pequenas todos os dias e conseguem chegar ao fim do dia, fim da semana com um sorriso nos lábios e paciência para os seus próprios filhos e familia! Ontem ao ver-me no meio de 25 crianças apercebi-me que realmente é preciso gostar muito do que se faz para se lidar com estes "monstrinhos" e por vezes temos que descer ao nível deles, isso é bem engraçado! Eu adoro crianças mas realmente não sei se conseguiria aguentar...

terça-feira, 10 de abril de 2007

Já é Oficial

Agora já posso dizer!
Faz hoje, às 10h05, 5 anos que ouvi pela primeira vez o choro do meu rebento, que o vi e cheirei, que o toquei, que me senti a mulher mais feliz do Mundo!
O meu pequerrucho (que de pequerrucho não tem nada) faz hoje uma mão cheia de anitos, uma mão cheia de amor e mimos, de algumas doenças e preocupações, de uma alegria imensa pela casa, de uma ternura e cumplicidade de e para o nosso "ratinho".
O meu filhote será sempre o meu "ratinho" pois quando nasceu pesava apenas 2,345gr e 47 cm, tinha tanto medo de o partir, lol.
Hoje olhando para ele nem quero acreditar que ele se transformou num menino lindo, lindo (nem sei como fui capaz de fazer algo tão lindo)e grande para a sua idade (seguindo as medidas normais).
Cinco anos depois o meu B. pesa 23 Kg e mede 1,16 cm.

Parabéns Filhote!

segunda-feira, 9 de abril de 2007

É já amanhã...

Agora sim...

Voltei a estar completa.
O meu amorzinho já está ao pé de nós.
As saudades eram mais que muitas, quase morri de tantas!
Cuidadinho dele, enchi-o de beijinhos e abracinhos que ele já se sentia todo amassado, mas mesmo assim não deixou de pedir miminhos e colinho a noite toda!
Sei que passou muito bem e divertido estes dias de Páscoa mas ontem ao final da tarde, no regresso, as saudades da mãmã e do pápá já estavam a fazer das delas e a lagrimita teimava em sair do cantinho do olho!

quinta-feira, 5 de abril de 2007

Páscoa


Que bela Páscoa que se avizinha...
Não chegava o piolho estar doente como eu também fiquei, só falta mesmo é o pai se juntar à turminha... dos doentinhos!

Espero bem que nestes três dias tudo melhore!

Beijinhos doces e Uma Santa e Feliz Páscoa!

PS - Cuidado com as amêndoas e os ovinhos de chocolate, não abusem muito para não estragar a linha, lol

quarta-feira, 4 de abril de 2007

E nada como uma doencinha para "assombrar" o dia importante que se avizinha!
Devo dizer que, com a mania de meter o dedo no nariz para tirar os "amiguinhos", o B. arranjou uma bela de uma infecção com direito a antibiótico e tudo.
Começou com uma pequena ferida dentro do nariz, que passou a um impétigo (Infecção bacteriana da pele, comum em crianças, causada pelos germes estafilococos e estreptococos) no nariz, que por sua vez atingiu os glânglios.
E a acompanhar, para que o impétigo não se sentisse sozinho, uma otite média aguda.
Conclusão das conclusões, encontra-se com a avó, feliz da vida (não pode ir à escola pois é contagioso) e já está quase como novo. A minha sorte no meio disto tudo, é que a minha mãe está reformada e pode ficar com ele. O chato é que ela mora a 35 km de mim, logo não posso ver e matar saudades do meu "bébézinho" todos os dias.
E as saudades já são mais que muitas, estou sem o ver deste 2ª feira à noitinha, que foi quando o fui lá deixar e para meu azar ele não é lá muito adepto do telefone, falar ao telefone não é com ele, não gosta.
Assim, aqui estou eu esperando que chegue o domingo, pois vai passar o fim de semana fora com os avós, para o poder encher de beijos e mimos.

Mãe sofre...

segunda-feira, 2 de abril de 2007

Está quase...

Quase, quase a chegar um dia muito importante para o meu piqueno!
Para ele e para nós como pais!